Menu Principal

Portais

Valença- RJ recebe curso de Boas Práticas de Fabricação para Agroindústria Familiar

Publicada em 18 de julho de 2011

O município de Valença receberá, entre os dias 8 e 11agosto, o curso de Boas Práticas de Fabricação (BPF), ministrado pela Embrapa Agroindústria de Alimentos (Rio de Janeiro, RJ).

Com aulas teóricas e práticas, este curso capacita agentes multiplicadores para a garantia da qualidade de alimentos, evitando a deterioração ou perdas e os riscos de contaminação dos produtos. Tal capacitação é essencial para os técnicos que dão assistência às agroindústrias familiares e que venham a atuar no Serviço de Inspeção Municipal (SIM).

O curso de BPF instrui os agentes multiplicadores quanto a práticas que evitam a deterioração prematura de alimentos processados, fatores relacionados e com repercussões na saúde humana, além de conscientizá-los no asseguramento da qualidade dos produtos e seu fornecimento ao longo de toda a cadeia produtiva. Ao final do curso, os técnicos estarão aptos a contribuírem para a elaboração de manuais de Boas Práticas de Fabricação nas agroindústrias familiares.  “Procuramos no curso instruir os técnicos das agroindústrias a adotar procedimentos preventivos como forma de evitar a ocorrência de contaminação em ambientes de processamento de alimentos, preparando-os para que no futuro estejam aptos a atender como técnicos as demandas do SIM, nos municípios que venham a aderir ao Sistema Único de Atenção a Sanidade Agropecuária (SUASA), um instrumento que permitirá a comercialização de produtos produzidos por um município em outros municípios do estado e em outros estados da federação”, acrescenta o pesquisador Fénelon Neto, da Embrapa.

Em Valença estará acontecendo a 36ª edição do curso de BPF, que já atendeu demandas de 22 estados. Até o final do ano serão ministrados mais cinco cursos em outras regiões do País. Para que outras regiões possam se candidatar a receber o curso, torna-se necessário encaminhar solicitação à Secretaria da Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Aos demandantes caberá como contrapartida prover recursos de apoio à realização do evento, tais como articular parcerias locais para dispor de instalações para a realização das aulas teóricas e prática; transporte para os treinandos para aula prática; equipamentos como retroprojetores e computadores para trabalhos em grupo.

O evento conta com a parceria do Centro Federal de Educação CEFET Valença/RJ, Emater Rio, Secretaria do Planejamento da Prefeitura de Valença, Vitallate Laticínios, laticínio Fazenda São Fernando, Laticínio Clarice, Cooperativa Mista de Valença, Laticínio Grupiara, além da Secretaria de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (SAF/MDA) que vem apoiando o projeto desde 2006, disponibilizando recursos didáticos e viabilizando a presença de técnicos da Embrapa nos estados.

Confira a programação.